Fenavist vai a Madri em missão empresarial

Empresas clandestinas: um mal que deve ser combatido!
7 de janeiro de 2016
Visita
28 de janeiro de 2016

Entre os dias 19 e 27 de fevereiro de 2016, uma comitiva da Federação Nacional das Empresas de Segurança e Transporte de Valores (Fenavist) embarca para Madri, Espanha, onde será recepcionada pela Associação Profissional dos Serviços de Segurança Privada (Aproser) e a Confederação de Segurança da Europa (CoESS).  A missão da diretoria da Fenavist em Madri é conhecer mais sobre os desafios daquela cidade e região, estatutos e métodos de trabalho.

Dentre as atividades, serão apresentados e discutidos temas como segurança privada, convênios em crise, leis e regulamentos que regem o setor. “É uma grande oportunidade para conhecer mais dos acertos que estão acontecendo em outros países e fazer uso dessas informações no Brasil”, diz o presidente da Fenavist, Jeferson Furlan Nazário. Além disso, a comitiva brasileira fará contato com figuras públicas importantes, do país, como Miguel Soler e Carlos Pérez, reguladores da Polícia Nacional da Espanha.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Empresas clandestinas: um mal que deve ser combatido!
7 de janeiro de 2016
Visita
28 de janeiro de 2016

Entre os dias 19 e 27 de fevereiro de 2016, uma comitiva da Federação Nacional das Empresas de Segurança e Transporte de Valores (Fenavist) embarca para Madri, Espanha, onde será recepcionada pela Associação Profissional dos Serviços de Segurança Privada (Aproser) e a Confederação de Segurança da Europa (CoESS).  A missão da diretoria da Fenavist em Madri é conhecer mais sobre os desafios daquela cidade e região, estatutos e métodos de trabalho.

Dentre as atividades, serão apresentados e discutidos temas como segurança privada, convênios em crise, leis e regulamentos que regem o setor. “É uma grande oportunidade para conhecer mais dos acertos que estão acontecendo em outros países e fazer uso dessas informações no Brasil”, diz o presidente da Fenavist, Jeferson Furlan Nazário. Além disso, a comitiva brasileira fará contato com figuras públicas importantes, do país, como Miguel Soler e Carlos Pérez, reguladores da Polícia Nacional da Espanha.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Empresas clandestinas: um mal que deve ser combatido!
7 de janeiro de 2016
Visita
28 de janeiro de 2016

Entre os dias 19 e 27 de fevereiro de 2016, uma comitiva da Federação Nacional das Empresas de Segurança e Transporte de Valores (Fenavist) embarca para Madri, Espanha, onde será recepcionada pela Associação Profissional dos Serviços de Segurança Privada (Aproser) e a Confederação de Segurança da Europa (CoESS).  A missão da diretoria da Fenavist em Madri é conhecer mais sobre os desafios daquela cidade e região, estatutos e métodos de trabalho.

Dentre as atividades, serão apresentados e discutidos temas como segurança privada, convênios em crise, leis e regulamentos que regem o setor. “É uma grande oportunidade para conhecer mais dos acertos que estão acontecendo em outros países e fazer uso dessas informações no Brasil”, diz o presidente da Fenavist, Jeferson Furlan Nazário. Além disso, a comitiva brasileira fará contato com figuras públicas importantes, do país, como Miguel Soler e Carlos Pérez, reguladores da Polícia Nacional da Espanha.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Empresas clandestinas: um mal que deve ser combatido!
7 de janeiro de 2016
Visita
28 de janeiro de 2016

Entre os dias 19 e 27 de fevereiro de 2016, uma comitiva da Federação Nacional das Empresas de Segurança e Transporte de Valores (Fenavist) embarca para Madri, Espanha, onde será recepcionada pela Associação Profissional dos Serviços de Segurança Privada (Aproser) e a Confederação de Segurança da Europa (CoESS).  A missão da diretoria da Fenavist em Madri é conhecer mais sobre os desafios daquela cidade e região, estatutos e métodos de trabalho.

Dentre as atividades, serão apresentados e discutidos temas como segurança privada, convênios em crise, leis e regulamentos que regem o setor. “É uma grande oportunidade para conhecer mais dos acertos que estão acontecendo em outros países e fazer uso dessas informações no Brasil”, diz o presidente da Fenavist, Jeferson Furlan Nazário. Além disso, a comitiva brasileira fará contato com figuras públicas importantes, do país, como Miguel Soler e Carlos Pérez, reguladores da Polícia Nacional da Espanha.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Empresas clandestinas: um mal que deve ser combatido!
7 de janeiro de 2016
Visita
28 de janeiro de 2016

Entre os dias 19 e 27 de fevereiro de 2016, uma comitiva da Federação Nacional das Empresas de Segurança e Transporte de Valores (Fenavist) embarca para Madri, Espanha, onde será recepcionada pela Associação Profissional dos Serviços de Segurança Privada (Aproser) e a Confederação de Segurança da Europa (CoESS).  A missão da diretoria da Fenavist em Madri é conhecer mais sobre os desafios daquela cidade e região, estatutos e métodos de trabalho.

Dentre as atividades, serão apresentados e discutidos temas como segurança privada, convênios em crise, leis e regulamentos que regem o setor. “É uma grande oportunidade para conhecer mais dos acertos que estão acontecendo em outros países e fazer uso dessas informações no Brasil”, diz o presidente da Fenavist, Jeferson Furlan Nazário. Além disso, a comitiva brasileira fará contato com figuras públicas importantes, do país, como Miguel Soler e Carlos Pérez, reguladores da Polícia Nacional da Espanha.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Empresas clandestinas: um mal que deve ser combatido!
7 de janeiro de 2016
Visita
28 de janeiro de 2016

Entre os dias 19 e 27 de fevereiro de 2016, uma comitiva da Federação Nacional das Empresas de Segurança e Transporte de Valores (Fenavist) embarca para Madri, Espanha, onde será recepcionada pela Associação Profissional dos Serviços de Segurança Privada (Aproser) e a Confederação de Segurança da Europa (CoESS).  A missão da diretoria da Fenavist em Madri é conhecer mais sobre os desafios daquela cidade e região, estatutos e métodos de trabalho.

Dentre as atividades, serão apresentados e discutidos temas como segurança privada, convênios em crise, leis e regulamentos que regem o setor. “É uma grande oportunidade para conhecer mais dos acertos que estão acontecendo em outros países e fazer uso dessas informações no Brasil”, diz o presidente da Fenavist, Jeferson Furlan Nazário. Além disso, a comitiva brasileira fará contato com figuras públicas importantes, do país, como Miguel Soler e Carlos Pérez, reguladores da Polícia Nacional da Espanha.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Empresas clandestinas: um mal que deve ser combatido!
7 de janeiro de 2016
Visita
28 de janeiro de 2016

Entre os dias 19 e 27 de fevereiro de 2016, uma comitiva da Federação Nacional das Empresas de Segurança e Transporte de Valores (Fenavist) embarca para Madri, Espanha, onde será recepcionada pela Associação Profissional dos Serviços de Segurança Privada (Aproser) e a Confederação de Segurança da Europa (CoESS).  A missão da diretoria da Fenavist em Madri é conhecer mais sobre os desafios daquela cidade e região, estatutos e métodos de trabalho.

Dentre as atividades, serão apresentados e discutidos temas como segurança privada, convênios em crise, leis e regulamentos que regem o setor. “É uma grande oportunidade para conhecer mais dos acertos que estão acontecendo em outros países e fazer uso dessas informações no Brasil”, diz o presidente da Fenavist, Jeferson Furlan Nazário. Além disso, a comitiva brasileira fará contato com figuras públicas importantes, do país, como Miguel Soler e Carlos Pérez, reguladores da Polícia Nacional da Espanha.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Empresas clandestinas: um mal que deve ser combatido!
7 de janeiro de 2016
Visita
28 de janeiro de 2016

Entre os dias 19 e 27 de fevereiro de 2016, uma comitiva da Federação Nacional das Empresas de Segurança e Transporte de Valores (Fenavist) embarca para Madri, Espanha, onde será recepcionada pela Associação Profissional dos Serviços de Segurança Privada (Aproser) e a Confederação de Segurança da Europa (CoESS).  A missão da diretoria da Fenavist em Madri é conhecer mais sobre os desafios daquela cidade e região, estatutos e métodos de trabalho.

Dentre as atividades, serão apresentados e discutidos temas como segurança privada, convênios em crise, leis e regulamentos que regem o setor. “É uma grande oportunidade para conhecer mais dos acertos que estão acontecendo em outros países e fazer uso dessas informações no Brasil”, diz o presidente da Fenavist, Jeferson Furlan Nazário. Além disso, a comitiva brasileira fará contato com figuras públicas importantes, do país, como Miguel Soler e Carlos Pérez, reguladores da Polícia Nacional da Espanha.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X