Escolta Armada conquista grande vitória na cidade de São Paulo

17 de Janeiro de 2019 às 10:17

No dia 20 de dezembro de 2018, foi publicado o Decreto 58.584/2008. Assinado pelo prefeito de São Paulo, Bruno Covas, o texto libera as viaturas de Escolta Armada do rodízio municipal. O Sindicato das Empresas de Escolta do Estado de São Paulo (SEMEESP) lutava pela liberação há 15 anos.

“Esta conquista vai trazer grande economia para as Empresas de Escolta Armada, não só nos pagamentos das multas em duplicidade, mas também pelo fato de que não precisaremos adquirir viaturas extras para nossas operações diárias”, explica o presidente do SEMEESP, Autair Iuga.

Ele também faz questão de agradecer as pessoas que estiveram ao lado do sindicato nesta caminhada. “Quero aqui deixar explícita minha gratidão ao nosso Administrativo, Douglas Favruzzo, ao Vereador Caio Miranda e toda sua equipe, além do Prefeito Bruno Covas. Sem essas pessoas não teríamos conseguido essa grande vitória”, afirma Iuga.

A liberação das viaturas de escolta armada do rodízio municipal corrige uma injustiça social econômica, uma vez que a atividade é fundamental para a população da maior cidade do Brasil.